Priscila Armani – Jornalista

Cinema, cultura, mídia e variedades nas palavras livres de uma jornalista.

Posts Tagged ‘chefe de família

Estudar mais, casar menos e ter menos filhos

leave a comment »

Nessa semana que passou, pesquisa do IBGE revelou dados bastante esclarecedores sobre o nosso país. Os dados, referentes ao ano de 2007, mostram duas perspectivas interessantes:

1ª: As tradicionais famílias de casais com filhos estão diminuindo significativamente.

2ª: As mulheres tem estudado mais e se casado menos, mas, ainda assim, os cargos de chefia vão para os homens.

O IBGE mostrou que, se em 1981o percentual de domicílios brasileiros habitados por casais com filhos chegava a 65%, em 2007 apenas 49% dos 56,4 milhões de domicílios apresentam a mesma situação. Além disso, o número de mulheres com apenas 1 filho subiu de 26% para 31% entre 1997 e 2007. E o número de casais sem filhos subiu de 13% para 16% em 10 anos.  

Outro dado: as mulheres tem estudado, em média, nove anos, enquanto os homens estudam oito. Elas dominam os cursos universitários do país, sendo que em 2007, 57,1% dos estudantes no nível superior eram do sexo feminino, contra 42,9% do sexo masculino.

Mas mesmo assim 5,5% dos homens brasileiros ocupam cargos de dirigência no país, enquanto 4,2% das mulheres exercem a mesma função. A sociedade avança, as mulheres se qualificam, mas o machismo persiste.

Mas acho os dados bastante animadores. Menos gente no mundo significa menos consumo, menos agressão ao planeta e filhos mais bem cuidados, com menos crianças no mundo passando fome. Os dados do Brasil se aproximam, aos poucos, dos dados do primeiro mundo. Mas até chegarmos no mesmo nível cultural e financeiro, quanta distância!

Anúncios

Written by Priscila Armani

domingo, setembro 28, 2008 at 1:41 pm

Aumenta número de mulheres chefes de família

leave a comment »

Pesquisa divulgada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) na manhã de ontem aponta mudanças significativas na estrutura familiar brasileira. A proporção de famílias chefiadas por mulheres praticamente dobrou no país entre 1993 e 2006. Na década de 90, 19,7% das famílias eram chefiadas por mulheres. E em 2006 esse número passou para 28,8% das famílias.

O aumento mais significativo foi observado na região Sul. Em 1993, 16,6% das famílias tinham uma mulher à frente enquanto em 2006 esse percentual passou para 26,8%. A região Nordeste foi a que observou menor mudança, com percentual passando de 21,2% para 28,8%.

Interessante observar que a pesquisa considera as mulheres como líderes de família mesmo quando elas tem marido e não apenas na situação de viúvas e mães solteiras, como era medido antigamente. A mulher é líder quando provém o sustento da família, independente do companheiro o que, de acordo com a pesquisadora do Ipea Natália Fontoura, aponta uma tendência de igualdade entre homens e mulheres.

Confira outros dados apontados pela pesquisa aqui.

Written by Priscila Armani

quarta-feira, setembro 10, 2008 at 7:25 pm

Publicado em Variedades

Tagged with , , ,